Como não ter mau hálito: 5 dicas valiosas

como-nao-ter-mau-halito-5-dicas

Como não ter mau hálito: 5 dicas valiosas

Evite constrangimentos e cuide da sua saúde 


Quem nunca passou por aquela situação chata e constrangedora por causa de um bafinho? A halitose- mau hálito ou bafo, para os mais chegados- é um problema muito comum mas que causa muitos embaraços sociais e pode causar grandes desconfortos se for uma condição recorrente.Entenda por que isso pode acontecer e descubra como não ter mau hálito.

 

O que causa o mau hálito?

O mau hálito, por mais comum e desagradável que seja, não pode ser considerado uma doença em sí, mas sim um indicador de que há algo de errado com o organismo, podendo ter uma grande variedade de causas possíveis.Tendo em vista que a halitose pode indicar problemas mais sérios, o ideal é ir ao dentista com frequência para prevenir problemas mais sérios como gengivite, problemas gástricos ou outras infecções graves.

Porém, mesmo com causas diversas, muitas vezes o mau hálito é causado por má higienização e limpeza bucal. Na grande maioria dos casos, existem várias precauções e mudanças de hábitos que podem ajudar a não ter mau hálito, é possível combater o mau hálito antes mesmo que ele possa se manifestar, evitando problemas sociais.

 

1.Cuidado redobrado durante a escovação

Essa dica pode parecer intuitiva, porém a falta de limpeza é a principal vilã quando se trata de manter o hálito fresco.A má higienização da boca pode causar a acumulação de restos de comida e bactérias na boca, causando mau odor por conta da fermentação. Além disso, uma higienização pobre pode levar a problemas dentais mais sérios, como gengivite e periodontite, que também podem causar e agravar a condição de mau hálito. Por isso, a escovação merece atenção redobrada e pode ser complementada com enxaguantes bucais (de preferência sem álcool) e pastas de dente com flúor para auxiliar no combate à placa bacteriana.

 

2.Beba muita água

Essa dica pode não ser tão intuitiva quanto a dica anterior, porém é tão importante quanto. O baixo consumo de água leva à pouca produção de saliva pelas glândulas salivares, principalmente quando associado a uma tendência genética à baixa produção de saliva ou outros problemas de saúde. A saliva é responsável por lubrificação e regularização do pH da boca, portanto quando há baixa produção de saliva a boca se torna um ambiente propenso para a proliferação das bactérias causadoras do mau hálito.Beba ao menos dois litros de água para não ter mau hálito.

 

3.Não fique grandes intervalos de tempo sem se alimentar

Durante o jejum o corpo utiliza a gordura estocada no corpo como fonte de energia secundária.No processo de queima de gordura, há a liberação de moléculas de enxofre, além do aumento dos corpos cetônicos produzidos pelo corpo em decorrência da falta de glicose. Ambos os compostos liberados nesse processo são causadores de mau hálito, sendo assim, se você almeja não ter mau hálito, mantenha uma dieta regular sem intervalos de tempo muito longos entre as refeições

 

4.Fique longe do álcool e do cigarro

Além do característico mau cheiro dessas substâncias, o álcool e o cigarro podem prejudicar ainda mais a condição de halitose. O álcool pode causar descamação das células bucais, levando ao mau hálito. Ambas substâncias pode levar a baixa produção de saliva, sendo o cigarro responsável, também, pela liberação de enxofre podendo agravar o mau cheiro. 

 

5.Não esqueça de escovar a língua

Se esse hábito ainda não faz parte da sua rotina de higienização, é de extrema importância que você acrescente imediatamente para não ter mau hálito.A escovação da língua impede a formação da saburra lingual, uma vez que elimina os possíveis restos de comida e células mortas presentes na superfície da língua. Para tanto, utilize uma escova específica ou um raspador de língua e higienize propriamente a região.

 

Procure ajuda profissional 

Se o problema de halitose persistir, se agravar ou vier acompanhado de outros sintomas, você deve procurar um médico especialista. A Planos Dental pode te ajudar a encontrar o melhor dentista para você e garantir tratamento de qualidade.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

AS ÚLTIMAS NOTICIAS