Dor no dente do siso: Entenda o que pode significar

dor-no-dente-do-siso

Dor no dente do siso: Entenda o que pode significar.

Conheça as possíveis causas para dores no siso e entenda como trata-las.


Principais causas para as dores no siso:

A formação da arcada dentária se dá por completa entre os 16 e 20 anos, variando de acordo com o paciente. Por serem os últimos a nascer, os dentes do juízo podem causar incômodos repentinos ao tentarem romper os tecidos da gengiva, causando insuportáveis  dores no dentes do sisos e atrapalhando a fala e alimentação dos pacientes, principalmente na faixa etária dos 18 aos 25 anos quando os dentes do siso começam a nascer.

Além das dores causadas pelo rompimento da gengiva, a dor no dente do siso pode estar associada com diversos outros problemas dentários paralelos:

  1. Dentes tortos: como a arcada já está praticamente formada quando os dentes do siso começam a nascer, não restando espaço para os mesmo na maioria das vezes, estes começam a exercer pressão nos demais dentes, causando grande desconforto e dentes encavalados.
  2. Problemas de fala e mordida: o incômodo gerado pela dor no dente do siso e a consequente dor, fazem com que o paciente desenvolva problemas na mordida, uma vez que o posicionamento dos terceiros molares modificam a arcada como um todo. Além disso, a intensa dor no dente do siso pode atrapalhar a fala. 
  3. Infecções recorrentes nos dentes do siso, dor e posteriores tratamentos os quais teriam sido desnecessários caso a cirurgia de extração do siso fosse realizada. Por causa da dificuldade de higienização e limpeza da região do siso, a mesma fica suscetível a inflamações e até mesmo infecções.
  4. Tratamento de canal: dependendo de sua posição, o dente do siso pode entrar em contato com a raiz dos segundos molares, havendo necessidade de um dolorido e penoso tratamento de canal, caso isso aconteça.
  5. Dores no maxilar: o inchaço na região dos dentes do juízo podem, ainda, estar associados com inchaço facial seguido de dor e outros problemas inflamatórios. 

 

Tratamentos e prevenções 

É possível evitar futuras dores no dente do siso, para isso, é necessário a consulta com um profissional da área da saúde dental para discutir sobre a possibilidade de realização de uma cirurgia de extração dos sisos, evitando futuros problemas e dores causadas pelo brotamento dos terceiros molares.

Já para tratamentos de dores pontuais, é recomendado que o paciente tome cuidado redobrado na higienização da região, já que dores do siso podem indicar problemas inflamatórios que podem ser agravados por uma higienização deficitária e proliferação de bactérias nocivas ao organismo. O tratamento pode ser associado ao uso de medicamentos analgésicos para ajudar com as dores locais, porém, é necessário ressaltar a importância de uma avaliação médica com um profissional de confiança para que o mesmo possa prescrever individualmente o melhor tratamento e, caso necessário, efetuar a extração dos sisos.

Consulte um profissional 

No caso de constantes dores no dente do siso ou quadros infecciosos, o paciente deve procurar um dentista para tratamento médico imediato. Durante a consulta, o profissional irá solicitar exames de tomografia ou radiografia panorâmica para visualização da posição dos dentes e posteriormente recomendar, se julgar necessário, a extração dos dentes do siso.

Consultas regulares ao dentista são de extrema importância para evitar maiores problemas e garantir sua saúde dentária como um todo. Está com dificuldades em encontrar o dentista certo para você? A Planos Dental te ajuda na escolha do melhor profissional para cuidar do seu sorriso

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

AS ÚLTIMAS NOTICIAS